Search for content, post, videos

O que realmente queremos na virada de ano?

Toda virada de ano é, praticamente, um ritual de desejar sempre as mesmas coisas. Felicidade, dinheiro, amor e paz são alguns dos desejos que compões a cartela do “Bingo da Virada”. Antes de continuar recomendo escutar a música que está no vídeo acima durante a leitura.

Mas, será que precisamos fazer um pouco mais e desejar menos? Será que é necessário sair da nossa zona de conforto e irmos em busca daquilo que realmente queremos?

É importante entender que boa parte do que desejamos, só acontecerá se caminharmos na direção deles. Pode ser que o tão desejado objetivo não seja atingido no primeiro, no segundo e talvez nem no terceiro ano, mas o importante é darmos o primeiro passo.

Em outros textos aqui no blog (esse, esse e esse texto), já escrevi sobre a falta de empatia que vem tomando conta do mundo. É um tal de apontar o dedo para fulano, falar mal do beltrano e julgar as atitudes do ciclano. Mas, sinceramente, o que isso muda na sua vida?

Apontar o dedo, falar mal ou julgar não é caminhar para mudar o seu mundo e consequente o de quem está a sua volta. Veja bem, se você ou eu, tivermos esse tipo de atitude o que realmente receberemos em troca? Flores e elogios que não serão, com certeza.

Em vez de esperar belas atitudes, que tal dar o primeiro passo? Em vez de esperar que alguém te elogie, faça o elogio. Em vez de ter a crítica como primeira reação, por quê não fazer como a Bela Gil e substituir por um pouco de compreensão?

E, poder ser, que mesmo assim você não consiga completar nenhuma linha do seu Bingo de Ano Novo. Mas, talvez a sua vida e a de quem estiver ao seu lado, será muito mais agradável.

Bem capaz, que você leitor, possa estar pensando:

Falou, lá no começo do texto, que não é para apontar o dedo, mas tá aqui cagando regra e apontando, né?

Realmente, talvez seja essa impressão que posso estar passando. Mas, garanto que esse texto é tanto para quem escreve, quanto para o leitor. Até mesmo porque, como disse anteriormente, é preciso dar o primeiro o passo e não esperar receber o que desejo embalado para presente.

O meu desejo para essa virada de ano será um pouco diferente. Não quero amor, paz, felicidade, porque tudo isso já tenho na medida que me permito ter. Quero, de verdade, que em 2017 eu tenha capacidade de prover esses sentimentos, porque quando receber tenho certeza que serão sinceros e gratificantes.

Como primeiro post do ano, desejo a você leitor um ano maravilhoso. Que você possa ser a mudança que o seu mundo precisa, porque dessa forma você mudará a vida de muitos outros e em alguns casos nem perceberá.

E que comece 2017.

  • Bruna Otomura

    Adorei o texto e concordo plenamente ctg! Meu desejo pra esse ano acho que foi muito parecido com o seu na verde: foi me tornar uma pessoa melhor msm q seja de pequenas em pequenas atitudes. As mudanças começam dentro da gente e aos poucos a gente vai deixando transbordar e vai que influencia outras pessoas a fazer o mesmo?! Acho que 2017 ‘empatia e gratidão’ são palavras chaves. Feliz 2017 pra ti e que vc consiga alcançar suas metas e ainda incentivar várias pessoas ^^

    • Poxa Bruna, fico feliz que tenha gostado do texto. De verdade!

      Acho que chegou a hora, na verdade já passou, de pararmos de ficar apenas desejando. É precisa mudar as coisas em nossa volta para que esses desejos possam ser realizados.

      Uma feliz 2017 pra você, sua família e amigos. Que todos nós consigamos atingir nossas metas e melhorar, não apenas as nossas vidas, mas também as de quem se relacionam conosco. <3