Search for content, post, videos
Pets é honesto e rende boas risadas

Pets é honesto e rende boas risadas

A nossa geração foi premiada com uma série de animações maravilhosas que funcionavam tanto para crianças como adultos, nos deixando muito mal-acostumados. Essa é a nossa realidade, títulos como Toy Story, Procurando Nemo, Up, Wall-E entre outros entregam animações com um nível de excelência que é muito complicado de ser atingido por mesclarem uma boa história, humor e a famosa e esperada lição de moral no fim do filme.

Então quando vamos ao cinema para ver uma animação, não esperamos nada menos que a excelência. É errado? Não. Mas é preciso ter em mente que talvez nem sempre seja possível ou que a produção não se arrisque a atingir para atingir tal nível.

Pets – A Vida Secreta dos Bichos explora o relacionamento dos seres humanos com seus animais de estimação, deixando claro o sentimento incondicional que esses pequenos bichos têm por nós e como isso acaba afetando suas rotinas, geralmente esperando o retorno de seus donos. Até mesmo o antagonista do filme, é fruto de uma frustrada relação e por conta desse acontecimento cria meios para disseminar seu ódio e frustração pela hora e meia de filme.

A partir do momento que protagonistas se chocam os antagonistas, fica claro o que a Illumination se propõe a fazer: entreter as crianças com várias cenas frenéticas, uma história simples e não deixar que os adultos fiquem entediados com várias piadas de riso fácil.

Há inclusive um personagem voltado, completamente, para os adultos: o coelho Bola de Neve. Com uma personalidade sádica, até um pouco exagerada para um filme infantil, o coelho consegue atuar como um contraponto para tanta fofura, presente no filme, e serve para deixar dar uma pitada de maldades nas piadas do filme.

Um recurso já utilizado pela Illumination, como em Meu Malvado Favorito por exemplo, é colocar os personagens em cenas frenéticas de ação para dessa forma prender a atenção de quem está vendo. Especificamente em Pets, os bichinhos foram colocados em diversas situações na cidade de Nova York para poder mascarar o fraco enredo da produção.

Max, Duque e sua turma estão longe de serem cativantes. Talvez pelo fato de o filme não ter um “vilão clássico”, o desenvolvimento dos personagens acaba ficando em segundo plano por conta das seguidas cenas de ação presentes na animação. Com isso é complicado se envolver a história do personagem, mas caso você possua um animal de estimação poderá encontrar uma lembrança da personalidade dele em algum personagem do filme.

A ausência de um vilão permite que o filme não tenha vencedores e perdedores, abrindo espaço para que todos os personagens tenham direito a um final feliz, mesmo não sendo exposto diretamente na tela.

Como disse mais acima, Pets cumpre o que se propõe a fazer e ainda permite uma boa dose de risadas e passa longe de causar momentos de tédio. É uma bela opção de entretenimento ir acompanhados de crianças ou não.

Nota: 6 Stars (6 / 10)

 

Trailer e Poster

 

Pets – A Vida Secreta dos Bichos

Pets – A Vida Secreta dos Bichos