Search for content, post, videos
Empório Sagarana: Sanduiche de panceta

Empório Sagarana: Sanduiche de panceta

A penúltima vez que escrevi sobre comida também foi lá do Sagarana, mas falei do Porco Burguer que fazia parte da UOL Burguer Fest. Decidi voltar ao Sagarana para tirar uma prova final que explicarei no final do texto.

O Empório Sagarana é um lugar que dispensa apresentações. Construiu sua fama por comidas deliciosas, a enorme variedade de cervejas e uma carta de cachaça de respeito. Por isso e para não chover no molhado, vamos direto ao ponto.

 

Sanduiche de Panceta é justo, mas decepcionante

Quando comentei sobre o Porco Burguer, apontei que tudo era muito bom, muito gostoso, mas que o sabor da carne de porco não estava ali. E o mesmo aconteceu quando experimentei o lanche de panceta.

Veja bem, não sou crítico gastronômico, muito menos grande entendedor de culinária, mas quando o lanche é apresentado como Sanduiche de Panceta, você não espera que ele tenha sabor de pepino em conserva, queijo da canastra ou rúcula. É esperado que ele tenha sabor de – por mais óbvio que isso possa parecer – porco. E, mais uma vez, não foi esse sabor que encontrei.

Não estou falando que o lanche estava ruim, mas sim decepcionante. Acho que é a melhor forma de descrever a sensação. Acredito que todos os ingredientes que estavam no lanche têm a missão de ressaltar o ingrediente principal que era a carne de porco. Mas novamente, como no caso do Porco Burguer, não foi o que aconteceu.

A composição do lanche era: fatias de panceta de porco, queijo da canastra, pepino em conserva (picles), rúcula e melado de cana. E se o lanche fosse vendido como sanduiche de pepino, queijo e rúcula com certeza eu teria ficado muito mais contente.

O melado de cana por um momento, desculpe a ignorância, achei que servia apenas para decorar o prato. Para poder sentir o sabor, tive que passar o lanche no prato e, só assim, consegui comer o lanche com o melado.  Apresentação do lanche, aliás, muito bonita.

Como afirmei mais acime o lanche está muito longe de ser ruim, mas para a minha expectativa ficou muito abaixo do esperado. Talvez possa agradar outras pessoas, então vá lá provar e tira suas próprias conclusões.

 

Empório Sagarana: Sanduiche de panceta

A apresentação do lanche é muito bonita

 

A prova final de ir ao Sagarana

Antes de ir para a questão final, gostaria de explicar que vou ao Sagarana muito antes do hype. Antes mesmo dele abrir na Vila Madalena e muito, mas muito tempo, antes de eu decidir escrever sobre minhas experiências com comida em um blog.

Conheci o famoso, e muito maior, sanduíche de pernil no pão de queijo. Tomei a minha primeira cerveja Coruja e várias outras, com preços bem acessíveis, no bar. Conheci pessoas, fiz amizades, tudo ali naquele bar escondido e muito gostoso na Rua Marco Aurélio, 883.

Mas parece que as coisas mudaram. Já faz um tempo que os preços subiram bastante, o atendimento não é mais o mesmo. Parece que todas as atenções agora estão voltadas para o estabelecimento da Vila Madalena, o coração hipster de São Paulo. Onde ficou aquele atendimento bacana que existia no Sagarana? A galera que servia indicava cervejas que combinassem com o paladar e com o prato escolhido pelo cliente.

Não sou inocente, entendo a necessidade do aumento no preço do serviço prestado, mas gostaria que a alma do negócio não fosse alterada. Talvez eu esteja, na verdade, ficando velho e já com aquela síndrome de “No meu tempo era diferente”, mas a questão é que sinto as coisas diferentes.

As pessoas que hoje atendem no bar nunca me trataram mal, muito pelo contrário. Mas sinto falta das indicações de cervejas, geralmente bem-humoradas e divertidas, que aconteciam quando estávamos pedindo aperitivos ou lanches. E, principalmente, sinto muito pelo lanche de pernil de pão queijo que hoje parece mais uma entrada.

 

Preço

Sanduiche de panceta: R$ 26,00
Refrigerante: R$ 6,00

OBS: Não lembrando exatamente os valores, por isso coloquei aproximadamente. O total da conta foi R$ 36,30.

 

Informações

Empório Sagarana (Unidade Vila Romana): Rua Marco Aurélio, 883
Horário: Segunda e terça-feira das 17h as 0h; Quarta a sábado das 17h a 1h
Telefone: (111) 3529-6560
Site: http://emporiosagarana.com.br
Facebook: http://www.facebook.com/emporiosagarana