Search for content, post, videos
Conhecendo a cozinha árabe, de verdade, no restaurante Raful

Conhecendo a cozinha árabe, de verdade, no restaurante Raful

Apesar de ser simpatizante com a comida árabe, nunca fui grande consumidor. Talvez por nunca ter comido em um local que me impressionasse, ela acabava ficando como terceira ou quarta opção na hora da escolha.

Mas, talvez isso tenha mudado e todos os créditos vão para o Restaurante Raful, que fica próximo a região da 25 de março. Com um ambiente simples e muito agradável, o restaurante tem opções à la carte e também o maravilhoso rodízio, que vale muito a pena.

Geralmente coloco esse aviso no final do texto, mas hoje farei diferente por ser um detalhe muito importante. Visitei o Rafúl no início da tarde por volta das 13h, hora do almoço, e dei sorte de não pegar uma longa fila de espera, ou seja, pode ser que você encontre uma pequena ou longa fila de espera dependendo do horário que decidir ir.

Mas agora, vamos falar do que importa: a boa comida áraba do restaurante Raful.

 

O rodízio do Restaurante Raful

Quando você chega ao restaurante é preciso tomar a primeira decisão. Caso você esteja com pressa ou sem muita fome, é possível comer esfihas ou alguns outros salgados no balcão mesmo.

Para comer os pratos disponíveis no cardápio, será necessário entrar na fila de espera pelas mesas. Essa parte, como disse mais acima, pode variar conforme o horário que você chegar no restaurante.

Para quem não come grandes quantidade de comida ou não esteja com muita fome, existe a opção à la carte. Nela, como em outros lugares, você escolhe o seu prato e pagar um valor específico.

Mas para quem estiver com tempo e disposição para comer bastante, o Raful também oferece a opção de rodízio. Nesse caso é possível comer à vontade os pratos quente, frios e as esfihas disponíveis no cardápio.

Delicioso espetinho de Mignon com Kibe Crú ao fundo

Delicioso espetinho de Mignon com Kibe Crú ao fundo

 

O valor de R$ 80,00 pelo rodízio, em um primeiro momento, pode parecer caro. Mas a quantidade de pratos a disposição e qualidade dos produtos servidos fazem valer a pena cada centavo gasto.

Apesar de ter já ter ido a outros restaurantes, tive a sensação de conhecer a verdadeira comida árabe no Raful. Não tenho dúvidas de afirmar que é o melhor Homus e Kibe Crú que já comi até hoje.

O Kibe Crú era tão homogêneo que parecia que era um pedaço de carne especialmente cortado naquela forma. Já o Homus, tinha uma textura lisa e não empelotada como em muito lugares por aí.

O espetinho de Filé Mignon, também era delicioso. No ponto certo, a carne macia e em uma quantidade generosa é uma bela opção para os que não gostam da comida árabe, mas que possam estar acompanhando amigos, namoradas ou namorados.

O charme final, do Raful, fica por conta das esfihas. Sem exageros de recheio ou massa, é obrigatório comer a maior quantidade de esfihas que você puder e ainda, se possível, todos os sabores. Em especial a esfiha de queijo que foi a que mais me agradou.

Mas comer fora do rodízio vale a pena?

Optei pelo rodízio para poder provar a maior quantidade de pratos possíveis e ter uma boa base para escrever a crítica sobre o restaurante.

Os pratos à la carte valem muito a pena, principalmente se você estiver em um grande número de pessoas, afinal todos podem pedir pratos diferentes e, graças quantidade de comida, tornar esse encontro um belo banquete árabe.

Se você estiver passando pela 25 de março na hora do almoço ou no fim do dia, passe no restaurante nem que seja para levar algumas esfihas para casa. Você não irá se arrepender.

Preços

Rodízio: R$ 80,00

 

Informações do Rafúl

Unidade 25 de março

Endereço: Rua Comendador Abdo Schahin, 118;
Telefone: (11) 3229-8406.
Horário: Segunda a Sexta das 07h as 18h; Sábados 07h as 16h.

 

Unidade Brigadeiro

Endereço: Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 2159;
Telefone: (11) 3171-2955.
Horário: Segunda a Sexta das 07h as 20h; Sábados 10h as 16h.

Na Internet: Site | Facebook